RELEASES

Brasileiro explica quarentena com aplicativo e projeta recomeço no Qatar

Apesar dos números controlados de casos do novo coronavírus, o Qatar segue com restrições bem fortes impostas aos seus habitantes. O zagueiro brasileiro Lucas Mendes, que atua pelo Al-Wakrah, explica como tem sido viver em mais uma quarentena após voltar ao Brasil durante o último período de folga, no início de setembro.

O defensor, ex-Coritiba, conta que todos no país em que será realizado a próxima Copa do Mundo têm um aplicativo para controle de risco. E todas as ações são “definidas” por ele.

- Houve uma parada no campeonato, ganhamos 15 dias de folga e precisei ir para o Brasil. Como o Brasil é um país de risco, então na volta tive de ficar de quarentena. Uma semana no hotel, sem poder sair do quarto. Depois, mais uma semana em casa, também sem poder sair. Com algumas retrições. Aqui tem um aplicativo que eles pedem na entrada de shopping, mercado, etc. Eles pedem e tem de estar verde. Mostra que você não tem sintomas, não construiu o vírus, nada. E o meu estava amarelo, então era só esperar mesmo o tempo da quarentena para voltar a treinos e jogos.

Antes da parada, o Al Wakrah vinha bem na já iniciada liga do Qatar. São duas vitórias em três jogos e a terceira colocação na tabela. Lucas comemorou o início e pediu “foco” para manutenção do desempenho. E admitiu um sonho antigo do clube…

- Começamos bem o campeonato. Ganhamos um jogo muito difícil, contra o campeão do ano passado. Acho que agora com essa parada é importante voltar bem, voltar os ritmos que estávamos antes. Espero que a gente consiga retomar já com uma vitória na liga. Acho que é muito cedo falar pelo que vamos brigar no campeonato. Queremos sempre brigar lá em cima, mas está no começo ainda. Quem sabe, o grande desejo do clube é ficar entre os quatro primeiros, disputar vaga na Champions League.

Outros Releases